Marketing digital ou marketing tradicional: Onde investir ?

marketing digital

A melhor forma de tomar uma decisão é conhecer bem as suas opções. Precisamos entender o que é marketing, compreender a essência do marketing digital e do marketing tradicional, e a relação de cada um com o seu negócio.

O que é marketing?

Kotler e Keller definem marketing em uma frase: “Marketing é sobre identificar e atender as necessidades humanas e sociais.” A American Marketing Association oferece uma definição mais formal: “Marketing é a atividade, o conjunto de instituições e os processos para a criação, comunicação, entrega e troca de ofertas que levem valor aos consumidores, clientes, parceiros e sociedade em geral.”

 

Ótimo! Mas o que é Marketing na prática?

 

Na prática marketing pode ser visto como uma arte, uma ciência ou como um segmento que ao definir o público-alvo, entende suas necessidades, desejos e demandas e assim entrega valor a este público. Muitos acham que marketing é “arte de vender”, mas vender em si não é o mais importante no marketing. O marketing tem como objetivo conhecer e entender o consumidor tão bem que o produto ou serviço satisfaça esse cliente de tal forma que a venda aconteça de forma natural. O “vender” se torna supérfluo. Ele mostra que o produto, ou serviço, ou marca, ou empresa é a solução para alguma necessidade, desejo ou demanda.

Como é feito o marketing tradicional (offline)?

Há alguns anos havia uma escassez de informação. Eram poucos os canais de comunicação, eles se resumiam basicamente na mídia impressa, no rádio e na TV. O consumidor passava boa parte do seu dia em contato com um ou mais destes canais. E estes canais alugavam um pequeno, e caro, espaço na sua programação para as marcas se comunicarem com o público. Esta mensagem interrompia o conteúdo de interesse do consumidor geral. E nem sempre com um produto que fosse do interesse do espectador. É o marketing de interrupção. Por vezes a informação errada, para as pessoas erradas, na hora errada. Além disso, como a informação era escassa, todas as informações sobre os produtos e serviços estavam nas mãos dos vendedores, que podiam filtrar as informações para efetuar suas vendas.

 

Esse marketing de interrupção além de ser caro, pelo monopólio dos canais de comunicação, era bem difícil de mensurar. Quem estava realmente assistindo aquela inserção? Qual o resultado nas vendas que cada campanha tem? Era difícil determinar métricas que mostrassem claramente qual o resultado, qual o retorno, qual a eficiência, e o que precisava ser ajustado em cada campanha. Desta forma, o marketing era um centro de custos dentro da empresa, ainda que importante.

Onde entra o marketing digital na história?

Aí veio a internet e mudou todo o jogo. A informação agora não é escacassa, pelo contrário é em excesso. A jornada de compra mudou, o consumidor não quer mais ser interrompido, (quanto tempo dura aqueles cinco segundos de propaganda antes do seu vídeo do Youtube), ele não está mais na mão do vendedor, ele já pesquisou no Google, em sites especializados e nas redes sociais sobre seu produto ou serviço. O processo de compra mudou, o marketing se adaptou e surgiu o marketing digital.

 

A sua propaganda agora não precisa ser uma interrupção. Pode, e deve, ser uma atração. Seja a resposta para a pesquisa no Google. Ofereça o site especializado onde o consumidor vai buscar informação. Transforme-se no comentário e recomendação nas redes sociais. Tenha um conteúdo útil, relevante, se relacione com seu público durante a jornada de compra, entregue valor ao consumidor.

 

Outra vantagem é que as cifras envolvidas não precisam ser engessadas e astronômicas como no modelo tradicional. Numa campanha de marketing digital os valores são focados exatamente nas pessoas que estão interessadas no seu produto, com métricas de resultados transparentes e em tempo real, através das quais é possível mensurar qual canal, qual campanha, qual assunto, qual abordagem está realmente trazendo resultado, e com isso é possível acertar o rumo da campanha com total agilidade e precisão. Com isso o marketing se transforma num investimento, onde o resultado é 100% mensurável.

 

Destacamos estas e outras vantagens de investir no Google AdWords neste post.

O marketing digital e o meu negócio.

Não importa então o tamanho do seu negócio, você pode (e deve) anunciar nos meios digitais. Hoje não é mais necessário altos investimentos, só é preciso levar informação certa, para as pessoas certas, na hora certa. Uma estratégia correta para atrair a atenção dos seus Leads (pessoas que tem interesse no seu negócio), converter estes Leads em clientes, relacionar mostrando o valor do seu negócio, com isso as vendas acontecem de forma natural, e por fim analisar todo o processo para que esse ciclo se mantenha sustentável.

 

Marketing digital ou marketing tradicional: Onde investir ?
4.5 (90%) 8 votes
« VOLTAR

Posts relacionados

2 respostas para “Marketing digital ou marketing tradicional: Onde investir ?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *